A partir de 1 de novembro, quem for distraído a enviar mensagens ao atravessar a rua está sujeito a multa de 30 euros.

Em Honolulu, no estado norte-americano do Hawai, entrará em vigor esta quarta-feira (1 de novembro) uma lei que proíbe os peões de enviarem mensagens com dispositivos eletrónicos enquanto atravessam as ruas da cidade e áreas circundantes. A multa pode ir até 35 dólares (cerca de 30 euros).

O membro do conselho municipal Brandon Elegante disse ao New York Times reconhe que esta decisão é “histórica” e que tem como objetivo principal “melhorar a segurança”. Segundo alguns estudos, as pessoas que enviam mensagens enquanto caminham têm uma probabilidade quatro vezes superior de atravessar a rua sem olhar para ambos os lados; logo, aumentam a possibilidade de serem vítimas de atropelamento.

Na Califórnia, uma lei com caraterísticas semelhantes está a ser analisada e poderá avançar em breve.

Assine Já

Edição nº 1460
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes